Açougues Cursos Materiais Elétricos Refrigeração
Advogados Eletrônica Materiais p/ Construção Relojoarias
Arquitetos Engenheiros Móveis Serralheria
Bancas Escolas Óticas Sex Shop
Bicicletarias Escritórios Padarias Sorveterias
Bijuterias Fotografias Papelarias Supermercados
Cabeleireiros Funerárias Pesca Táxi
Calçados Imobiliárias Pet Shop / Veterinário Transportes
Conveniências Informática Postos Útilitários
Cosméticos Lojas de R$ 1,99 Presentes Veículos
Crédito Pessoal Lojas de Roupas Rádios Vidraçaria
Acupuntura Fonoaudióloga Planos de Saúde
Colonoscopia Laboratórios de Analises Postos de Saúde
Dentista Médicos Psicólogo
Estetícista Nutricionista Radiologia
Farmácias Oftalmologista Ultrassonografia
Fisioterapeuta Pediatra  
Epitacio Hoteis e Pousadas Restaurantes e Lanchonetes Lazer e Eventos Estabelecimentos Medicos e Consultorios Compra e Venda Telefones e Endereços
Fotos da Cidade .
Entretenimento
Fotos de Pesca
Classificados
Receitas
Notícias
Fale Conosco

 

 

Artigo sobre pesca de tucunaré em Epitácio

Clique e Veja mais

PRESIDENTE EPITÁCIO é uma cidade que fica na divisa dos estados de SP e MS, às margens do Rio Paraná. Tradicional reduto de pescadores de piaparas e dourados, hoje a cidade vive o boom do tucunaré, que invadiu as áreas alagadas pela construção do reservatório Sérgio Motta e hoje constitui a maior fonte de turismo da região, de hospedagem e serviços para o pescador de tucunarés que se dirige à região.

O tucunaré

Na região de Presidente Epitácio, o tucunaré atinge peso máximo de cerca de 5 kg. São comuns exemplares entre 1 e 2 kg de peso, e a piscosidade local é boa,principalmente nas nas pauleiras logo abaixo dessas lagoas.
O tucunaré é um peixe predador de águas lênticas, originário da bacia amazônica, cuja pescaria é realizada com iscas naturais vivas ou artificiais. O movimento da isca é que instiga o peixe a atacar. Normalmente, o peixe fica em estruturas submersas, como vegetações, pauleiras, tocos de árvores, pedreiras, etc. à espreita dos peixinhos com que vai se alimentar. Assim que abocanha a isca, tende a voltar rapidamente para o local onde estava e, nessa fuga violenta, costuma enroscar a linha ou a isca nas tranqueiras, dificultando a sua retirada por parte do pescador.


O equipamento

O equipamento ideal para a pesca do tucunaré na região é composto de vara de 1,68 a 1,82 m (5´6" a 6´), ação rápida, com molinete ou carretilha que comporte pelo menos 80 m de linha 0,37 a 0,40 mm.
Usar presilhas (snaps) reforçados para facilitar a troca de iscas, garatéias extra-reforçadas do tipo 4x e leader de 0,50 mm, para evitar o desgaste da linha nas pauleiras e outras estruturas onde o tucunaré costuma se refugiar.

A pescaria

É importante pescar com no máximo dois pescadores por barco mais o piloteiro, para garantir a segurança e bons arremessos.
Muitas vezes, o tucunaré bate na isca com violência, sem, contudo, acertá-la. Nesse caso, é interessante parar a isca, ou então modificar o trabalho para que o peixe faça um novo e certeiro ataque.
Vale a pena aventurar-se numa pescaria de tucunarés. Além do tucunaré, há a possibilidade de pegar traíras nos mesmos pontos de pesca e fazer a pescaria de dourados com tuviras a cerca de 40 minutos de barco da saída da marina.

Fonte: www.centraldapesca.tur.br

 



Conheça e seja parceiro de nossas entidades
             
Página Inicial... |... Fotos da Cidade... |...Fundação... |...Pontos Turísticos... |...Classificados... |...Anuncie... |...Comunicar Erros
Copyright © 2010-2011 Presidente Epitácio. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as pena de lei.