Região de Presidente Prudente rebaixa para a fase vermelha do Plano São Paulo

 

 

Por G1 Presidente Prudente

O governo do Estado rebaixou na tarde desta sexta-feira (19) toda a área de abrangência do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Presidente Prudente da etapa amarela para a fase vermelha, a mais restritiva, do Plano São Paulo. Com isso, passam a ter permissão para funcionar apenas as atividades consideradas essenciais.

Os serviços classificados como não essenciais, entre os quais está incluído o comércio, não podem abrir as portas. Já o DRS de Marília, que também abrange parte do Oeste Paulista, foi mantido na fase laranja.

Conforme dados atualizados na quinta-feira (18), o DRS de Presidente Prudente tem 84,3% dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) destinados ao atendimentos de pacientes com Covid-19 ocupados. No DRS de Marília, a taxa é de 74,4%.

O governador do Estado de São Paulo, João Doria Junior (PSDB), afirmou que as regras da nova reclassificação, o que inclui o rebaixamento da região de Presidente Prudente para a fase vermelha, entrarão em vigor a partir da próxima segunda-feira (22).

Saiba mais clicando aqui: http://glo.bo/3aAKZQH

 

 

 


 

 

 

 

 

 


 

 

 
   
   
   
   
   
   
   

 

Atualizado: 19/02/2021 às 16h40