Animais aguardam adoção no Centro de Controle de Zoonoses

 

 

Vinte e seis cachorros adultos, oito filhotes, e sessenta e dois gatos aguardam no CZZ (Centro de Controle de Zoonoses), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde e à Vigilância Epidemiológica da Prefeitura da Estância Turística de Presidente Epitácio, instalado na Agrovila II, zona rural do município para adoção.

Todos os animais são vermifugados, vacinados e os cachorros utilizam coleiras que previne a leishmaniose. Quando vão para a adoção, os animais adultos são castrados.

O local é zelado pelo servidor municipal Diego Lima. Também fazem parte da equipe, duas veterinárias.
Recentemente o Centro organizou uma feira para adoção. Através da ação, foram adotados 4 cães e 9 gatos. Os 13 animais adotados estavam vacinados, vermifugados, e com coleira repelente. Os machos já estão castrados e as fêmeas que receberam um novo lar, foram castradas gratuitamente pelo médico veterinário Éder Gandolfo. Outra de ação para adoção será organizada pela equipe do Centro.

O CZZ tem a função de prevenir e controlar doenças que podem ser transmitidas aos seres humanos pelos animais, como Leptospirose, doença de Chagas, Leishmaniose, Raiva, Toxoplasmose, Criptococose - doença do pombo -, entre tantas outras doenças, que podem até levar as pessoas à morte.

Um engano muito comum é acreditar que o Centro de Controle de Zoonoses é uma clínica que oferece atendimento veterinário. O atendimento veterinário no local é realizado voltado a problemas específicos de zoonoses e castração. Além disso, mantém um efetivo trabalho de conscientização contra maus tratos.

O Centro conta com o apoio do Centro de Testagem Animal. No local são feitas as coletas e testes com o sangue dos cachorros com suspeitas de leishmaniose. O local também abriga os gatos que estão doentes. Após curados os felinos são levados para o CCZ, que está de portas abertas para receber visitas.

Serviços oferecidos pelo CZZ

Castração - A Zoonoses oferece gratuitamente para pessoas beneficiaria do programa Bolsa Família, a castração de cães e gatos. A medida evita que animais sejam abandonados nas ruas sem cuidados, levando doenças para a população. As castrações são agendadas no próprio CCZ, localizado à rua Neuza Correia de Assis Carvalho, nº 22-80, na vila Esperança.

Realização de exames para suspeita de Leishmaniose - Durante todo o ano, cães e gatos podem ser submetidos ao exame para diagnóstico de Leishmaniose Visceral Canina. No município, é feita a coleta da amostra de sangue e realizado o Teste Rápido. Em caso de resultado positivo, a amostra é encaminhada ao Instituto Adolfo Lutz, onde é realizado um exame mais detalhado para confirmação da doença.

Vacinação antirrábica - Durante todo o ano, cães e gatos podem ser imunizados contra a raiva. A campanha de vacinação antirrábica ainda percorre os bairros da cidade para imunizar os animais.

Recolhimento de animais - O CCZ também recolhe animais abandonados nas ruas, que são castrados e posteriormente postos à adoção.

Atendimento emergencial - Em caso de atropelamento, ou acidentes em geral, o CCZ realiza o primeiro atendimento, porém posteriormente, o proprietário deverá procurar um médico veterinário particular de sua confiança para dar continuidade ao tratamento.

Combate aos maus tratos de animais - Em parceria com a Polícia Ambiental, o Centro de Controle de Zoonoses combate os maus tratos a animais de pequeno e grande porte, promovendo o recolhimento dos animais de pequeno porte. A partir do dia 1º de dezembro de 2019, a Prefeitura promoverá o recolhimento de animais de grande porte, que estiverem soltos nas ruas. Este animais também serão disponibilizados para a adoção, caso o proprietário não seja identificado.

Mais informações sobre as atividades e responsabilidades competentes ao CZZ, através da Lei de Criação do Centro de Controle de Zoonoses, disponível no site da Prefeitura de Presidente Epitácio no link *http://www.presidenteepitacio.sp.gov.br/leis/leis_ord/2017/lei-n-2687-2017-cria-centro-controle-zoonoses-ccz.pdf* (Lei nº 2.687/2017, de 13 de junho de 2017).




 

 

 

 

 

 

 


 

 

 
   
   
   
   
   
   
   

 

Atualizado: 06/11/2019 às 14h40