Horário de verão começa no próximo domingo

 

 

A mudança é adotada em 10 Estados e no Distrito Federal e vigora até a meia-noite de 17 de fevereiro de 2018

Por Exame

O horário de verão deste ano começa à 0h do próximo domingo, 15, quando os relógios deverão ser adiantados em uma hora. A mudança é adotada em 10 Estados e no Distrito Federal e vigora até a meia-noite de 17 de fevereiro de 2018.

O ajuste dos relógios vale para a população dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Com o horário de verão aplicado ao “horário de Brasília”, o leste do Amazonas e os Estados de Roraima e Rondônia ficam com duas horas a menos em relação ao horário de Brasília; Acre e oeste do Amazonas ficam com três horas a menos.

Criado com a finalidade de economizar energia durante os meses mais quentes do ano, quando os dias também são mais longos, a medida foi adotada no Brasil pela primeira vez em 1931.

Metrô e CPTM em São Paulo

Na capital paulista, o Metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitamos (CPTM) estenderão o horário de operação em função do horário de verão. Os passageiros do Metrô poderão embarcar até a 1h do horário novo (meia-noite do horário antigo) nas linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã-Luz), que é operada pela concessionária ViaQuatro.

Já nas linhas 5-Lilás (Capão Redondo – Adolfo Pinheiro) e 15-Prata (Oratório – Vila Prudente), as estações permanecerão abertas até a meia-noite do novo horário (23h do horário antigo).

Com a ampliação do horário de circulação dos trens, o número de viagens ofertadas na rede também será maior. Na Linha 1-Azul foram programadas 18 viagens adicionais.

Na Linha 2-Verde haverá acréscimo de 22 partidas. Os usuários da Linha 3-Vermelha também contarão com 21 viagens extras. Na Linha 5-Lilás, a programação prevê 16 viagens a mais. Por fim, na Linha 15-Prata, a mudança acrescentará 14 viagens aos usuários.

A CPTM prestará serviço ao público por uma hora a mais. Dessa forma, as estações e a circulação de trens permanecerão em operação até a 1h do horário novo de domingo (meia-noite do horário antigo).

Os relógios da Companhia, no entanto, somente serão alterados após o encerramento do expediente. A circulação dos trens será retomada no domingo,15, às 4h, já no novo horário.

Companhias aéreas

As companhias aéreas recomendam aos clientes que fiquem atentos aos horários de voos domésticos e internacionais que constam no bilhete, para evitar imprevistos na hora do embarque.

A Infraero informa que todos os aeroportos funcionarão de acordo com o novo horário. Em caso de dúvida, o cliente deve entrar em contato com a companhia aérea.





 

 
 
   
   
   
   
   
   
   
   

 

Atualizado: 11/10/2017 às 11h00